quinta-feira, abril 24, 2014

Ceará empata com Fortaleza e garante tetracampeonato


O Ceará é tetracampeão cearense. O alvinegro conquistou o título ao empatar sem gols com o Fortaleza, na Arena Castelão. Como o vovô fez a melhor campanha geral, o empate foi suficiente para o clube garantir o título estadual no ano de seu centenário. Já para o Fortaleza, ficou a decepção da derrota e da manutenção de um incômodo tabu. Há 11 jogos o Tricolor do Pici não vence um Clássico-Rei.

XIII Encontro da Aceji em Tauá motiva comunicadores


O XIII Encontro de Jornalistas, Radialistas e Blogueiros do Ceará acontece nesse sábado (26), na cidade de Tauá, região dos Inhamuns. O evento, que terá início às 9 horas, no Centro Pastoral São José é organizado pela Aceji (Associação Cearense de Jornalistas do Interior) com apoio da Prefeitura de Tauá.

Além dos dirigentes da entidade, à frente o jornalista João Ferreira e dezenas de sócios, se incorporarão ao Encontro, convidados e palestrantes.  Renomados profissionais estarão divididos em mesas redondas abordando temas da atualidade de interesses dos comunicadores, cujo tema central é “Marco Civil da Internet”.

O evento, segundo o presidente da Aceji, jornalista João Ferreira, visa reunir num mesmo encontro, profissionais de período de veículos diferentes, dos mais diversos setores da imprensa, com os comunicadores do interior (rádio, jornal TV, blogs e sites para um intercâmbio altamente produtivo para todos. “É o princípio básico para quem quer ouvir as percepções de cada um, sobre seu modo de trabalhar”, destaca o representante da entidade.

A programação oficial inclui ainda a entrega da comenda Jornalista Dutra de Oliveira, da Aceji, a personalidades cearenses.

Para esse encontro são aguardados cerca de 400 comunicadores das diversas regiões do Ceará, bem como políticos ligados à Aceji e aos anfitriões do Encontro. Outras atividades paralelas brindarão os participantes. (Mais informações no site a Aceji: www.aceji.com.br)

quarta-feira, abril 23, 2014

Prefeito de Aiuaba é preso durante operação





 O prefeito do município de Aiuaba, José Airton de Araújo foi preso na manhã desta quarta-feira (23). A ação aconteceu durante uma operação das Polícias Civil e Militar e do Ministério Público do Ceará (MP-CE), que prendeu outras três pessoas, entre parentes e pessoas ligadas à prefeitura da cidade.
 
Na residência do prefeito, a Polícia Civil encontrou um revólver calibre 38 e uma quantia de R$ 7 mil sem procedência explicada. Os policiais apreenderam ainda, documentos do município, outra arma e extratos bancários de altos valores.
 
José Airton será conduzido, ainda na manhã de hoje (23), à Juazeiro do Norte.

Quem caça, acha


CNJ examina ações em 12 comarcas


Os juízes do Grupo de Auxílio para cumprimento da Meta 4 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) examinaram 102 processos em 12 comarcas do Interior. Os trabalhos ocorreram entre os dias 7 e 12 de abril. A equipe foi instituída pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), em fevereiro, para agilizar o julgamento, até o fim deste ano, das ações de improbidade e de crimes contra a administração pública, distribuídas até 31 de dezembro de 2012.

Durante o período, foram proferidas 53 sentenças, 14 decisões (recebimentos de petição inicial/denúncia e diligências), nove despachos e 26 exclusões (ações que não faziam parte da Meta 4). Também foram vistoriados 15 processos. Essas ações estavam com audiências marcadas e diligências determinadas pelo juiz da comarca, por isso não necessitaram de movimentação.

Os magistrados atuaram em Crateús, Nova Russas, Santa Quitéria, Ararendá, Hidrolândia, Ipaporanga, Ipu, Ipueiras, Novo Oriente, Poranga, Tamboril e Catunda.

O maior número de sentenças proferidas foi registrado em Novo Oriente (13), seguido de Poranga (11) e Nova Russas (11). As próximas visitas serão realizadas em Boa Viagem, Tauá, Quiterianópolis, Parambu, Assaré, Catarina e Arneiroz, entre os dias 12 e 17 de maio.

O desembargador Inácio de Alencar Cortez Neto, supervisor da Meta 4no Judiciário cearense, coordenou os trabalhos. 

Atuaram, na força-tarefa, os juízes Daniel Carvalho Carneiro, Edison Ponte Bandeira de Melo, Henrique Lacerda de Vasconcelos, Luciano Nunes Maia Freire e Francisco Marcello Alves Nobre, além dos servidores Geraldo Fernandes Santos e Mateus Costa Tomaz de Souza. Todos trabalham sem prejuízo das funções.

DEPUTADO DENUNCIA ATAQUE VIRTUAL EM SUA PÁGINA NO FACE



Via Ceará news

O deputado estadual João Jaime Marinho (DEM) denunciou em sua página pessoal no Facebook que foi vítima de ataque virtual no último fim de semana. O deputado foi marcado em imagens pornográficas, fazendo com que elas fossem visualizadas por todos os seus amigos. 

 Leia a íntegra da publicação de João Jaime no Facebook:



Como Tasso muda a eleição


A dificuldade aqui comentada ontem de levar o senador peemedebista ao palanque de Aécio Neves (PSDB) se mostrou obstáculo intransponível até aqui. Com Eunício, Tasso faria aliança com aquela que é, até o momento, a candidatura a governador que lidera as pesquisas. Ele daria peso a essa chapa e ambos se retroalimentariam. Com Roberto Pessoa, o cenário é um pouco diferente. O principal líder do PR na atualidade foi por oito anos o popular prefeito de Maracanaú, segundo maior PIB do Estado. Mas, sozinho, não teria força para uma candidatura competitiva. Tanto que condiciona sua entrada na disputa à formação de chapa com Tasso. Se não, vai tocar os preparativos para sua campanha a deputado estadual. Tendo o tucano ao seu lado, todavia, a chapa se encorpa e ganha peso considerável. Se não para ganhar a eleição para governador, certamente para fazer barulho.

COMO EUNÍCIO É AFETADO

Um efeito colateral, se confirmada essa tendência, é o certo enfraquecimento de Eunício. Não só porque Tasso deixa de fortalecer o lado peemedebista. Além disso, ele retira o PR do palanque do senador. Até então, o PR se encaminhava para ser o principal partido a apoiar o PMDB. Sem ele, fica praticamente só com o PRB e com a perspectiva de atrair um nanico ou outro. Há personagens importantes de vários partidos que se engraçam para o lado de Eunício, mas como líderes isolados. Se o partido não estiver na coligação, nada agrega em termos de tempo de rádio e televisão.

O QUE MUDA NA PERSPECTIVA PARA A ELEIÇÃO

Outro efeito para a disputa mexe com o próprio cenário que se prenuncia. Até agora, havia perspectiva de duas candidaturas competitivas. Isso significaria uma probabilíssima definição em um turno só, seja para um lado ou para o outro. Com Roberto Pessoa no páreo na condição de candidato de Tasso, a possibilidade de segundo turno se torna mais real.

Outra perspectiva é de uma disputa bem mais agressiva. Até por ainda não se assumir como oposição – em tese, aguarda até a semana que vem a resposta de Cid Gomes (Pros) sobre apoiá-lo ou não – Eunício adota discurso cauteloso. É preciso observar seu discurso com uma lupa para perceber algo que lembre uma crítica. Pela sua história política, não é de se esperar uma campanha mais crítica, com ataques mais incisivos.

De Roberto Pessoa pode-se dizer o oposto. Sem ser candidato, ele já se estranhou feio com os Ferreira Gomes.

 Com Ciro Gomes (Pros), por pouco não entrou em confronto físico, em meio a polêmica em boa parte não publicável.

 Enfim, com ele no páreo, pode-se ter certeza de que a campanha ganhará significativamente em, digamos, emoção. As críticas à gestão Cid serão certamente mais, digamos, diretas.

A CANDIDATURA DE OPOSIÇÃO

A campanha muda com Tasso como candidato, mas isso está longe de significar que ele será vitorioso de véspera.

 Candidatura de oposição não é brincadeira e o tucano descobriu isso em 2010, na primeira vez em que se lançou numa disputa sem o apoio do governador de plantão.

 Novamente, ele enfrentará as administrações em todos os níveis, sem deputados estaduais, vereadores, quase sem prefeitos e só com um deputado federal. Com Eunício, teria o suporte de uma pesada estrutura de campanha, ao lado de um candidato que larga na liderança. Com Roberto Pessoa, porém, é ele o puxador de votos. Mesmo com todas as condicionantes, é um postulante fortíssimo em qualquer cenário, tanto que os prováveis adversários já acusaram o golpe e ensaiaram reação.

Em síntese, Tasso arrisca muito no caso de ser candidato.

 Certamente, não vai querer terminar a carreira política derrotado por alguém a quem tanto já criticou - no caso, o deputado federal José Guimarães (PT). E essa hipótese não é remota. Mas o fato é que o tucano também cria problemas para petistas e ainda para Eunício, para Cid Gomes... Embaralha, enfim, o jogo inteiro.

Só quem não tem do que se queixar é Aécio Neves, que ganha um palanque e tanto na região onde tem mais dificuldades.

Fonte: O Povo


4 assaltantes, em motos, uma com placa de Ipu, levam pânico ao distrito de Matriz em Ipueiras



Aconteceu um assalto no distrito de Matriz de São Gonçalo nesta tarde de segunda-feira (21/04). Eram 4 ladrões, dois em cada moto.

Assaltaram a Farmácia São Gonçalo e o Comércio do Kiko.

A quantia em dinheiro não se sabe, mas do dono da Farmácia roubaram um relógio e um cordão e todo o dinheiro, inclusive a aliança da funcionária.

Todavia, no momento do assalto, um policial a paisana, o Luziê, estava a visita na casa de sua sogra. Ao perceber o assalto, saiu e atirou nos bandidos, mas eles fugiram. Dois com destino ao Pinga, e os outros dois com destino a Ipueiras. O policial ainda disparou 4 tiros, afirmaram os populares, mas não acertou nenhum.

De acordo com informações do cidadão Edson Veras, a polícia de Ipueiras e do Croatá foram acionadas e foram até o local e vários homens adentraram na mata da região do Pinga a procura dos meliantes. Uma moto foi encontrada a beira do talhado do com a placa da cidade de Ipu. É importante lembrar que todos eles estavam armados.

A população de Matriz ficou toda em pânico com portas e janelas fechadas.

Com informações Jornal do Mocambo
Matéria: Netcina

TODO ANO DE ELEIÇÃO



 OPINIÃO

JÁ VEIO DE PARAQUEDAS.

Nem bem começou a campanha eleitoral num período implícito e afronta a legislação eleitoral (que se expressa pela fragilidade das ações pertinentes a quem de incumbência) chega à cidade pessoa que só vem aqui “de quatro em quatro anos” com o objetivo de colher os votos neste reduto cheio de “vivacidade” e de infinitos projetos de há mais de uma década se esvai. Como é do gosto deles, e sempre deu certo só prá eles! Vim com uma proposta mirabolante que só cabe em eleitor que é a razão da esperança. – resulta o “nada para nada”. – A infinidade de projetos apresentados que se consolidasse este município seria o maior centro industrial do nordeste. Ora pessoal! O nosso ceticismo é comprovado pelas ações dos espertos que se qualificam como políticos. Um novo cenário foi montado pelos mesmos “artistas” com o mesmo discurso enganador “espalhando largo sorriso, para nós otários.” Diante de grupos que se unem as suas projeções de interesse e se apresentam para “o povão, desunido”. - Por outro lado, o eleitor tem sua sapiência: procurou mudar os rumos da política, entretanto as escolhas por último foi infeliz.

Antônio Scarcela Jorge.

sábado, abril 19, 2014

LICITAÇÕES


Os estudiosos em processos licitatórios descobriram que existe maracutaia em todas as licitações, é só a comissão licitatória direcionar e tá resolvido. Para melhorar a vida da população a licitação dentro do padrão ético economizaria dinheiro e aumentaria a qualidade das obras e das compras. Os certames são mais equilibrados quando realizados em pregões. Mesmo assim quando as empresas combinam, também é consagrada a marmota. É o Brasil!

FARRA DAS PASSAGENS: APÓS CINCO ANOS, NENHUM POLÍTICO PUNIDO


Cinco anos após o Congresso em Focorevelar que senadores e deputados utilizavam para fins particulares a cota de passagens aéreas bancada com dinheiro público, nenhum parlamentar foi punido, em qualquer esfera, pelo uso indevido do benefício. Poucos devolveram os recursos da cota pública gastos de maneira privada. A Câmara e o Senado sequer informam o total devolvido. Passada meia década, nenhuma denúncia foi oferecida à Justiça pelo Ministério Público Federal, onde se arrastam as investigações cíveis e criminais sobre o caso.

Revelada a partir de 14 de abril de 2009 por este site, a chamada farra das passagens mostrou que os políticos usavam a cota de bilhetes aéreos não apenas para trabalhar e se deslocar de Brasília para suas bases. Recorriam ao benefício público para fazer turismo e transportar parentes para o exterior. Eles ainda cediam passagens para terceiros, potenciais eleitores e parceiros comerciais. Agentes de viagens declararam às autoridades que os parlamentares vendiam as sobras de suas cotas – o fato foi confirmado, mas a autoria, até hoje, é atribuída apenas a servidores e intermediários, apesar de documentos obtidos pela reportagem revelarem bem mais que isso.


sexta-feira, abril 18, 2014

DESEMBARGADOR PEDE APOSENTADORIA, MAS PRESIDENTE DO TRIBUNAL NEGA


O desembargador Váldsen da Silva Alves Pereira solicitou aposentadoria do cargo no dia 9 de abril. Ele completa 70 anos no dia 17 de maio.

O governador em exercício e presidente do Tribunal de Justiça do Ceará, Luiz Gerardo de Pontes Brígido, não mandou publicar no Diário da Justiça a aposentadoria do colega desembargador. Motivo: o desembargador está sendo investigado pelo Conselho Nacional de Justiça.


( Blog do Roberto Moreira)

DA COLUNA DE FÁBIO CAMPOS NO O POVO

De tempos em tempos, o Judiciário cearense remove suas vísceras e as expõe sob o sol da praça pública. Faz isso como nenhum outro poder. Afinal, os homens que lá estão não dependem do voto da massa e, em grande parte, chegaram onde estão após queimarem suas pestanas nos livros para entrar na universidade e depois conquistar aprovação em concursos públicos dificílimos.

A maior parte do Judiciário é formada por gente que construiu carreira baseando-se exclusivamente no esforço pessoal. Tantos servidores quanto togados. É evidente que a má fama que por ventura possa atingir o poder atinge também as reputações dessas trajetórias. Daí as vísceras que se removem.

Mais uma vez veio à tona um velho problema: a concessão de liminares durante plantões judiciários. Já ouvi de um desembargador o seguinte: “Meus plantões são calmos. Quase modorrentos. Não chega nada”. Mas, outros plantões são pródigos em receber ações.

Na segunda-feira passada, no programa Grande Jornal. da rádio O POVO-CBN, entrevistei o desembargador Luiz Gerardo Pontes Brígido acerca do tema. O que se ouviu do presidente do Tribunal de Justiça foi estarrecedor. Leiam a seguir a edição dos principais pontos.

- Tem desembargadores e juízes sendo investigados por decisões atípicas. Chamo de atípicas para não chamar de absurdas. Observamos que os magistrados que concedem essas liminares absurdas nos plantões são sempre os mesmos.

- Há um grupo de juízes, dois ou três desembargadores, servidores e advogados. São os mesmos. Temos tudo detectado. Temos mídias, temos informações de advogados que eram do esquema e que pararam porque estavam ameaçados de morte.

- Isso tem queimado imensamente a imagem da Justiça no Ceará. O foco maior é no tráfico. Corre muito dinheiro. É uma tentação. Dizem até que a tentação passa dez vezes por dia na frente de um juiz.

- São desembargadores sem mentalidade formada. Juízes também sem mentalidade formada. Sem compromisso. Advogados aéticos. Tem servidores cometendo podridão. Olha, fico impressionado com a capacidade do mal. Quando o bem pensa que avançou, o mal está muito adiante.

- Nós estamos firmes nesse propósito. Quando eu digo “nós” é a grande, a imensa maioria do Tribunal de Justiça. Não podemos compactuar porque estaríamos incorrendo no mesmo pecado que eles.

- (O crime organizado) Já, já chegou. Principalmente esse braço do tráfico já chegou em todas as áreas que você possa imaginar… No momento em que deixamos isso debaixo do tapete, não é solução. Temos é que divulgar mesmo.

- A Justiça do Ceará tem a sua face podre. É bem verdade que os contornos são pequenos. A grande face da Justiça é a Justiça correta que procura trabalhar como deve, mas não podemos ocultar o que já é do domínio público.

- Seria uma hipocrisia muito grande do presidente do Tribunal dizer assim: “Não! Aqui está correndo tudo bem. Não há foco de corrupção”. Há. Isso existe. A gente tem que ter a sinceridade suficiente, a coragem suficiente para reconhecer. A ajuda que vocês (a imprensa) tem nos dado é fabulosa.

Sim, o desembargador mostra coragem. Mostra principalmente que é um homem de bem e preocupado com os rumos de nosso Estado. É preciso que a sociedade conceda-lhe a força e a energia necessárias para prosseguir.


Clamo pela OAB. A entidade não pode apenas ficar pedindo os nomes dos suspeitos. É preciso que saia da defensiva. Que rompa com o corporativismo e entrelace as mãos com os juízes que levam a sério o combate ao crime organizado.

quinta-feira, abril 17, 2014

SOCIEDADE NÃO É VÍTIMA, MAS ''AUTORA'' DOS MAUS POLÍTICOS. DIZ MINISTRO



O grande problema é a “miopia” e a falta de consciência do eleitor brasileiro. “A sociedade não é vítima. É autora, considerados os maus políticos que temos. Foi ela que os colocou nos cargos”.

Prestes a deixar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o presidente da corte, ministro Marco Aurélio Mello, vê exageros na aplicação da Lei da Ficha Limpa, que barra a candidatura de políticos com condenação por órgãos colegiados, com contas rejeitadas ou que renunciaram ao mandato para escapar da cassação. Na avaliação do ministro, a lei não deveria punir candidatos por renúncia ou condenação anterior à sua criação, em 2010.

“Pensa-se em consertar o Brasil, com ‘c’ e com ‘s’, não de forma prospectiva, mas considerando-se o passado. Ou seja, toda lei é editada para apanhar atos e fatos futuros. Passaram a aplicar a Lei da Ficha Limpa a atos e fatos passados, inclusive não observando decisões da própria Justiça eleitoral”, disse Marco Aurélio, em entrevista exclusiva ao Congresso em Foco.

Miopia

Para Marco Aurélio, a atual legislação brasileira é suficiente para que o país tenha um quadro melhor na política. “Não precisamos de novas leis no Brasil, nós precisamos de homens que respeitem as existentes e, principalmente, de homens públicos”, considera. O grande problema, na opinião dele, é a “miopia” e a falta de consciência do eleitor brasileiro. “A sociedade não é vítima. É autora, considerados os maus políticos que temos.

Foi ela que os colocou nos cargos”, critica. “O eleitor se deixa levar por aspectos que, às vezes, são apenas de fachada. Não busca saber a vida pregressa administrativa do candidato”, acrescenta.


Como superar esse quadro? Na visão de Marco Aurélio, há apenas uma saída: investimento maciço em educação. Uma tarefa que, reconhece ele, demandará anos para produzir efeitos. “Não podemos, de um dia para o outro, tornar o Brasil uma Suécia. Mas precisamos avançar, cuidar da educação do povo brasileiro.”

Após cobranças, Cid usa o Facebook para dizer que está se tratando


“O governador Cid Gomes (Pros)esclareceu agora há pouco, em publicação de sua página do Facebook, detalhes da licença particular de até dez dias que tirou nesta quarta-feira, 15. Segundo a mensagem, Cid está se submetendo a “tratamento intensivo” em uma clínica médica brasileira. O procedimento, explica o governador, ocorre após “sintomas de fragilidade” em sua saúde e segue recomendações médicas.

“Sintomas de fragilidade na minha saúde que se manifestaram nos últimos dias fizeram com que, por recomendações médicas, eu me licenciasse do Governo para um tratamento. Estou numa clínica, no Brasil, em tratamento intensivo. Espero ter direito a um mínimo de privacidade neste momento”, disse.

Na manhã desta quarta-feira, 16, diversos deputados estaduais questionaram viagem do governador para fora do Estado, que não foi comunicada à Assembleia Legislativa. Alguns chegaram a acusar Cid de sair “sorrateiramente” do Estado, em viagem de jatinho particular para Punta del Este, no Uruguai.

Os parlamentares também criticaram posse do presidente do Tribunal de Justiça do Estado (TJ-CE), terceiro na linha sucessória, que assumiu o cargo mesmo com presença do vice-governador e do presidente da Assembleia no Ceará.

Politiqueiros

Cerca de meia hora após sua postagem inicial, Cid Gomes divulgou nova mensagem em seu Facebook. Na segunda publicação, o governador esclareceu que, ao pedir privacidade sobre seu tratamento, se referia aos “politiqueiros de plantão”. Cid removeu ainda a menção sobre privacidade da mensagem inicial.


(O POVO Online)

COM DOR DE COTOVELO, GLOBO ATACA BLOGUEIROS


Com uma matéria intitulada “A entrevista dos camaradas”, o jornal O Globo, liderado por João Roberto Marinho coloca em questão time de blogueiros convidados pelo Instituto Lula para entrevista exclusiva com o ex-presidente Lula na semana passada.

Com evidente dor de cotovelo, publicação diz que os eleitos para o encontro com o ex-presidente Lula atuam em “blogs que polarizam, invariavelmente, à esquerda, e são cada vez mais usados como munição na disputa eleitoral”.

Tentativa de descreditar entrevista é rebatida por Conceição Lemes, que representou Viomundo no encontro.


Conceição Lemes, 33 anos de estrada: Resposta em público a O Globo  LEIA AQUI  Viomundo