sexta-feira, setembro 30, 2016

Expresso 150 – Qual a diferença entre os que negociam liminares e os bandidos?

 Com o título “Um País inexplicável”, eis artigo da jornalista Regina Ribeiro. Ela comenta o caso da Operação expresso 150 em tom de estarrecimento. Para Regina, não há diferença entre advogados e bandidos nessa história da venda de liminares. Confira:

Já faz anos e anos que o tema que envolve a venda de decisões judiciais que beneficiam criminosos é do conhecimento de muitos. Chegava a ser estarrecedora essa hipótese, mesmo quando a névoa da suspeita incerteza pairava sobre os reles mortais crentes de que certas atitudes não ficam bem para homens e mulheres que devem proteger a sociedade daqueles que tomam caminhos pouco recomendáveis.

Acompanhar os últimos desdobramentos da Operação Expresso 150 só não arranca de mim completamente a fé na justiça humana, porque ela já estava mesmo por um fio. E isso não aconteceu ontem, vem de um tempo observando algumas coisas. O relato das conversas durante as negociações de liminares envolvendo desembargadores e advogados são inimagináveis. Teríamos embrulho no estômago que ouvíssemos tais diálogos no cinema. Ficaria sem fome de ver ou ler tal coisa numa ficção.

O deboche, a hipocrisia e a desonestidade praticada em bando parece que formam os novos pilares de uma espécie malévola da nova ética profissional na qual militam, inclusive, criaturas pagas pelo Estado para agir contra a ilegalidade. Só falta saber que essas pessoas foram às ruas vestidas de verde e amarelo bradar contra a corrupção, que bateram panelas nas varandas das coberturas à beira-mar, além de soltarem rojões e beberem taças e taças de Moet e Chandon Dom Perignon White Gold para comemorar o novo rumo da política nacional.

Meu amor falou que tem um HC que voltou da PGJ ontem … O meu amor é o relator é isso? Está na pauta. O voto do meu amor é favorável… Temos que esperar os demais…” “Faz uma pergunta pra ele: fulano prefere o réveillon no aterro da Praia de Iracema, ou trancado nessa cela só com marginal? Tem coisas que só um plantão pode fazer por você”.

Qual é a diferença entre os criminosos que estão nos presídios dos quais temos tanto pavor e estes que negociam a liberdade deles sem nenhuma preocupação? Como explicar tal nível de distorção de conduta vinda de uma elite do poder judiciário e advogados? Como falar sobre isso com jovens estudantes de Direito? Aliás, o Brasil está se tornando cada vez mais inexplicável.



*Regina Ribeiro
reginah_ribeiro@yahoo.com.br
Jornalista do O POVO


Nova Russas: Em última sessão ordinária antes das Eleições, Vereadores aprovam aumento nos salários para 2017.

Na última sessão ordinária que foi nessa quarta-feira (28/09), na Câmara dos Vereadores de Nova Russas antes das Eleições que será no próximo Domingo (02/10), Vereadores aprovam reajuste em seus subsídios (salários), a partir do dia 1º de Janeiro 2017.

Vereadores receberão R$ 7.000,00 por mês.
Presidente da Câmara receberá R$ 8.500,00 por mês.
Prefeito receberá R$ 15.000,00.
Vice-Prefeito receberá R$ 10.000,00 por Mês.
Secretários Municipais receberão R$ 6.000,00 por Mês.


Acompanhe o projeto de Lei Nº 09/2016 de 01 de Setembro de 2016 que foi aprovado nessa quarta-feira (28 de Setembro de 2016).





Redação e Fotos: Luiz Sousa 
 

Opinião do blogueiro: O que passo a discorrer em breves linhas em nada tem a ver com o aspecto legal da votação que resultou no aumento dos subsídios do prefeito, vice-prefeito, secretários municipais e vereadores, mas sim, no fato, da rapidez com que foi feito e sem que tivesse sido dado nenhuma publicidade a referida sessão ordinária.

Fico triste em saber que o nosso povo não leva em conta na hora de definir o seu voto, questões como:Transparência, publicidade e impessoalidade, o que aliás, são princípios norteadores dos que realmente tem espírito público. Considero verdadeiro abuso, um aumento com essas proporções mesmo que por quatro anos, ignorando a real situação de desemprego em massa e crise na economia nacional, pode ser legal mas nem por isso, deixa de ser imoral! Pagar sete mil reais a vereadores que se reúnem uma vez por semana, no máximo por duas horas e não produzem mais nada.

Candidato a vereador é baleado em Assaré


O candidato a vereador em Saboeiro, Marcos Antônio Alves de Melo (PSD), foi baleado em uma ação criminosa em Assaré, no interior do Ceará, na tarde desta quinta-feira, 29. A princípio, a Polícia Militar (PM) trata o caso como uma tentativa de assalto.

De acordo com o major Renato, que está no comando da PM na região, o candidato a vereador trafegava em uma Hillux prata, voltando de Juazeiro do Norte em direção a Saboeiro, quando foi interceptado por três homens em outro veículo na entrada de Assaré.


Marcos Melo foi atingido por disparos no glúteo e na barriga e um de raspão na região do tórax. Baleado, ele perdeu o controle do carro e saiu da pista, colidindo contra uma cerca. Conforme o major Renato, o candidato do PSD informou que os autores dos disparos teriam ido até o carro dele para roubá-lo. Apesar disso, a PM não soube informar se algo foi levado.


(O Povo)

quinta-feira, setembro 29, 2016

NOVA RUSSAS. CANDIDATURA DE GONÇALO DIOGO E SÔNIA É DEFERIDA PELO TRE


DO JORNALISTA ROBERTO MOREIRA EM RELAÇÃO A COMPRA DE VOTOS


Na periferia e no sertão é comum a dona de casa levantar de manhã, por volta das 5 horas, e
ir direto para a cozinha fazer o café da família e encontrar uma caixa de fósforo com
um “peixe” ou uma “onça” dentro, isso no dia da eleição. O peixe é uma nota de cem e a
onça uma de 50 reais. O dinheiro é de acordo com o tamanho da família.

Quem contou essa história foi um poeta paraibano, mas esse tipo de prática deve se estender por vários estados brasileiros. As pessoas depois reclamam que só tem ladrão na política. Quem compra voto, rouba,com certeza.



quarta-feira, setembro 28, 2016

JUSTIÇA ELEITORAL DISPONIBILIZA PROGRAMAS PARA ACOMPANHAR APURAÇÃO

O eleitor vai poder acompanhar em tempo real a apuração dos resultados das Eleições Municipais 2016 de quatro formas diferentes. A primeira delas pelo “Divulga”, sistema produzido pela Justiça Eleitoral para o acompanhamento dos resultados de votação de candidatos, partidos e coligações das eleições.

O “Divulga” permite a visualização dos dados por meio de várias consultas. Na versão desktop, o Divulga oferece maior gama de informações, permitindo ao usuário consultar os resultados de todos os municípios. “O Divulga é um software instalável, que se encontra disponível para download gratuito na página do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em versões para Windows e Linux”, explica o chefe da Seção de Totalização e Divulgação de Resultados do TSE, Júlio Valente.

App Resultados

Outra forma de acompanhar a apuração dos resultados em tempo real é pelo aplicativo (App) “Resultados”. O App desenvolvido para tablets e smartphones pode ser baixado gratuitamente nas lojas Google Play (Android) e Apple Store (IOS). Por meio dele, é possível acompanhar os dados de cada município com a indicação dos eleitos ou dos que foram para o segundo turno (no caso dos municípios com mais de 200 mil habitantes). Os resultados do primeiro turno serão divulgados a partir das 17h (horário local) do dia 2 de outubro.

Título de Eleitor será exigido na operação "Pente-Fino" do Recadastramento do Bolsa Família a partir de outubro próximo.



Depois de sinalizar que vai realizar cortes nos benefícios previdenciários e uma revisão do Sistema Único de Saúde (SUS), o presidente Michel Temer foca no Bolsa Família. A equipe econômica do governo federal finaliza um decreto para endurecer as regras de entrada e permanência no programa social. Um pente-fino nos benefícios já está em curso.

Apenas entre julho e agosto deste ano foram desligadas 5.533 famílias do programa em Minas, uma economia de R$ 640 mil. Em todo o Brasil, os cortes batem a casa dos R$ 3,6 milhões, com eliminação de 57 mil beneficiários.

Criado no governo Lula, o programa beneficia 13 milhões de famílias no Brasil e pouco mais de 1 milhão no Estado. Para 2016, a União prevê gastar R$ 28,8 bilhões com o benefício. O montante é quase metade do necessário para pagar o reajuste do Judiciário, de R$ 58 bilhões.

Estratégias - Segundo o Ministério de Desenvolvimento Social e Agrário, o decreto está sendo formulado em conjunto com os ministérios da Fazenda e do Planejamento. “A intenção é melhorar a governança do programa e melhorar a focalização, garantindo o acesso e a permanência de quem mais precisa do Estado e pelo tempo que for necessário”, destaca, em nota.

Para isso, haverá uma ampliação do cruzamento de informações dos beneficiários com outras bases de dados, como o Sistema Informatizado de Controle de Óbitos (Sisob), Relação Anual de Informações Sociais (Rais), Folha de Benefícios do INSS, Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos (Siape), FGTS, guias da Previdência Social e outras.

Um dos pontos criticados pela professora de Gestão e Políticas Públicas da USP Cristiane Kerches é a exigência do Título de Eleitor e do CPF dos filhos para que os pais tenham acesso ao programa. “Geralmente são famílias excluídas socialmente, com baixo nível de informação. Elas terão dificuldade no processo e serão eliminadas”, destaca.



Com informações Hoje em Dia

DO MEU FACEBOOK; VIVA A DEMOCRACIA!

Como mediador que seria, do debate entre os candidatos à prefeitura de Nova Russas, venho informar aos usuários dessa rede social e em especial os ouvintes da rádio Seara, que o evento não mais ocorrerá. Dois dos candidatos não concordaram em participar, Gonçalo Diogo atual prefeito e o Dr. Rafael Pedrosa. Lamentamos pelo eleitor, mas entendemos que, como veículo de comunicação de massa, fizemos nossa parte! Infelizmente, perdeu a democracia!

terça-feira, setembro 27, 2016

ELEIÇÕES: VOCÊ SABE O QUE É ZERÉSIMA?


No próximo domingo (2), mais de 144 milhões de eleitores estão aptos a votar para escolher seus candidatos a prefeito e a vereador. Mas, antes de o primeiro eleitor ficar frente a frente com a urna eletrônica, em cada uma das 461 mil seções eleitorais, o presidente da mesa receptora de votos já terá ligado a máquina, entre 7h e 7h30, na presença dos mesários e fiscais de partidos políticos, para emitir o relatório chamado “zerésima”.

Esse relatório traz toda a identificação da máquina, comprova que nela estão registrados todos os candidatos e que não há nenhum voto computado, ou seja, a urna tem “zero voto”. Após a impressão da zerésima, o presidente da seção, os mesários e os fiscais dos partidos ou coligações que estiverem presentes devem assiná-la.

Ao término da votação, às 17h, o presidente da seção eleitoral deve digitar uma senha na urna para encerrar a votação. Logo após, o equipamento emitirá cinco vias do boletim de urna, com os seguintes dados: total de votos recebidos por cada candidato, partido político, votos brancos, votos nulos, número da seção, identificação da urna e a quantidade de eleitores que votaram na respectiva seção. O boletim e a zerésima são então encaminhados à junta eleitoral.

TSE – Eleitor só pode ser preso em flagrante

A partir de hoje (27), eleitores não podem ser presos ou detidos, salvo em flagrante ou para cumprimento de sentença criminal. A regra está prevista no Código Eleitoral, que entrou em vigor em 1965 e serve para garantir a liberdade do voto. No próximo domingo (2), mais de 144 milhões de eleitores vão às urnas para eleger vereadores e prefeitos. A regra vale até 48 horas após o encerramento do pleito.

Na prática, mandados de prisão não devem ser cumpridos pela Polícia Federal, principalmente na Operação Lava Jato, até a semana que vem, para evitar nulidades nos processos criminais. A regra foi inserida na legislação eleitoral em 1932, com o objetivo de anular a influência dos coronéis da época, que tentavam intimidar o eleitorado. Atualmente, juristas questionam a impossibilidade das prisões, mas a questão nunca foi levada ao Supremo Tribunal Federal (STF).

A proibição está no Artigo 236, do Código Eleitoral, e o texto diz: “Nenhuma autoridade poderá, desde 5 (cinco) dias antes e até 48 (quarenta e oito) horas depois do encerramento da eleição, prender ou deter qualquer eleitor, salvo em flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou, ainda, por desrespeito a salvo-conduto.”

Bancários e empresários voltam a negociar nesta terça-feira

 Nesta terça-feira, a partir das 14 horas, em São Paulo, bancários vão sentar novamente à mesa da negociação com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). A categoria vive seu 21º dia de greve e garante que não recua, apesar da pressão dos empresários. Os banqueiros ofereceram 7%, enquanto bancários lutam por 5% mais inflação.

Se os bancos estão apostando no cansaço da categoria, nós estamos mostrando que a não fugimos à luta. Chegamos aos 21 dias de greve com muita disposição. Esperamos uma proposta digna, pois, do contrário, vamos fortalecer ainda mais nosso movimento”, afirma o presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos Eduardo Bezerra.

Um total de 430 agências das 562 existentes no Estado permaneceu fechada. O número, segundo o sindicato, é o maior registrado desde o início do movimento, dia 6 de setembro, e representa 76,5% de adesão. Em Fortaleza, das 259 unidades existentes, 208 fecharam. Já no Interior, das 303 agências, 222 ficaram sem funcionar.

A partir das 16 horas desta terça-feira, em frente a Caixa Econômica Federal da Praça do Ferreira, os bancários vão se concentrar para avaliar o movimento e sair em caminhada rumo à sede do sindicato.



sexta-feira, setembro 23, 2016

Cunha dispara contra ex-aliados: “covardes e hipócritas”

 Em entrevista à Radio Correio, de João Pessoa, o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), bateu duro em alguns de seus aliados, como Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), ex-ministro das Cidades.

O eleitor não gosta de deputado covarde. O povo da Paraíba precisa conhecer o deputado Aguinaldo Ribeiro”, disse Cunha, afirmando que Ribeiro esteve na sua casa fazendo contas, antes de decidir seu voto. Cunha voltou a bater em Moreira Franco, responsável pelo programa de privatizações do governo federal, dizendo que, com ele, o governo Temer fica sob suspeição.

Segundo Cunha, “o ambiente político ainda está bastante quente” e “só a próxima eleição presidencial vai amenizar o momento negativo da política”. Ele falou também sobre seu livro, que terá o título Impeachment. “O livro vai ser um best seller”, previu.


(com informações Blog do Herculano Costa)

quinta-feira, setembro 22, 2016

CÍÇERO MAIA EM SEU BLOG NOTÍCIAS E OPINIÕES, ADVOGA A SEGUINTE TESE: Não foi desta vez, o eleitor já vendeu seu voto e o povo perdeu de novo


LEIA

Havia  uma  grande expectativa em relação ao  comportamento dos candidatos aos cargos majoritários e legislativos e não menos em relação ao comportamento dos eleitores nas eleições municipais  de 2016, estamos a menos de 10 dias  das eleições  que acontecerão  em todo o pais no próximo dia dois de outubro(02-10).

Esta expectativa  para algumas pessoas  vinha  também carregada  de uma esperança que ja virou total frustração,A ilusória esperança de que  o eleitor não venderia seu voto e tao pouco os candidatos ofereceriam vantagens pessoais em troca deste voto. Em  meio  a uma crise  politica sem precedentes em que vive nosso pais e os escândalos de corrupção que são denunciados todos os dias envolvendo o mais alto escalão dos políticos Brasileiro,ainda com as medidas tomada pela justiça na tentativa de coibir as fraudes e compras de voto era  palpável pensar '' agora muda'' mas não mudou .

O eleitor que passara mais quatro anos reclamando dos serviços públicos vê o momento como o mais oportuno  para tirar proveito  sobre aqueles que sempre prometeram e nunca cumpriram,pelo menos da mesma forma ou na integra da promessa, O eleitor sempre esta pronto um único voto passa a ser negociado com ate meia duzia de candidatos ao cargo de vereador,seu voto é colocado como artigo valioso com a proximidade do dia das eleições o que já valeu  a promessa de um emprego agora vai caindo de preço no final todo cem reais   é lucro  mas já ouvi falar  que em cidades das regiões vizinhas a tabela indicava oitocentos reais na primeira conversa e seiscentos no fechamento do negocio.

O eleitor  quer vender e o candidato que nem tem compromisso tao pouco propostas razoáveis para apresentar a sociedade esta preparado pra comprar a principio dizendo não tenho o dinheiro mas não esquecendo de fazer sua lista com anotações dos pedidos para os devidos cálculos posteriores .

não foi desta vez  que não vimos o voto ser negociado e nem sera desta vez que veremos os maus políticos banidos, em parte o eleitor da o rumo abre a porta, dita  e da seu aval  dizendo ao mal politico siga sua carreira e faça conosco o que é uma arte para vocês. o Politico recebe,aceita aplaude e agradece.

Espero não encontrar a parti de 2017 populares reclamando  dos serviços públicos ou a falta deles.

Cicero Maia.

É BOM OBSERVAR PARA VOTAR CERTO

O eleitor precisa, urgentemente, avaliar os programas de governo e propostas dos seus candidatos a prefeito e vereador. Outra coisa, precisa saber se ele é bandido, assaltante dos cofres públicos.

 

Segundo pesquisa realizada pelas entidades de direitos humanos, cerca de 30% dos candidatos estão enrolados com à justiça acusados de diversos crimes.



Lula discursava em Fortaleza; Sérgio Moro decretava prisão de Guido Mantega

 Guido Mantega, o ministro da fazenda que mais tempo passou no cargo, está preso e será levado para Curitiba. Motivo da prisão: autorizava contratos bilionários em troca de propina para o PT.

Na operação surge um novo personagem na corrupção financiado com dinheiro da Petrobras: o empresário Eike Batista, que faturou R$ 7 bilhões em contatos da Petrobras e devolvia parte para os corruptos.



Via blog do Roberto Moreira