sexta-feira, julho 25, 2014

TCM virá a Nova Russas para inspeção especial



O órgão fiscalizador dos municípios vai estar em Nova Russas entre os dias 28/07 a 01/08/14 para realizar inspeção especial. Se levarmos em consideração que a corte de contas transformou em tomadas de contas especiais, denuncias feitas contra a atual gestão do município, certamente teremos novidades nos próximos meses. Mais detalhes posteriormente, aguardemos o desenrolar dos fatos.

Achei interessante! Vi no blog do Jesus


A MATEMÁTICA DA ADUTORA QUE TRARÁ ÁGUA DO ARARAS...

Hoje navegando numa rede social, vi uma postagem de um amigo que me chamou atenção, se referia a matemática que fazia um paralelo entre o tempo, o percurso e a a necessidade da obra da adutora do Açude Araras para Nova Russas. A racionalidade da postagem nos causou perplexidade, haja vista que Nova Russas já está sem água, e como disse em matéria anterior, o Farias de Sousa secou... Então vejamos:


Sobre a adutora...

Cada cano desse tem 6m.
A adutora devera ter 160km ou seja 160.000m
se levarmos em conta que demora cerca de 30 minutos pra se montar um cano desse e que se trabalha 8 horas por dia é matematicamente fácil dizer que em um dia de expediente teremos 16 canos montados.
Se você dividir 160.000 metros de adutora por 6 metros de cada cano você terá aproximadamente 26.667 canos e já que por dia de trabalho são instalados 16 canos fica fácil dizer que levara aproximadamente 1.667 dias para se terminar de instalar todos os canos, como nós sabemos que um ano tem 365 dias fica também bem facim dizer que nós estaremos livres da seca em mais ou menos 4 anos e meio então la pra 2019 ta no ponto meu povo...

FARIAS DE SOUSA: Minha vida. Minha morte.

Açude Farias de Souza - Nova Russas
HOMENAGEM


Em 1983, nasci. Em um nascituro esplêndido aos olhos de quem me viu surgir. Rodeado de montanhas, no meio da caatinga do enorme sertão cearense. Nasci para ver meus filhos também nascerem, crescerem e se desenvolverem. Nasci para dá a vida aos seres humanos, a fauna e a flora que me rodeiam. Enfim, nasci para simplesmente atender a uma primordial necessidade básica: a sede de que a tem! Nasci para servir, mas também ser servido, cuidado com zelo e compaixão. Como nasce algum objeto natural, mesmo que seja pela força do homem trabalhador que me fez surgir da necessidade meramente serventina a troco apenas do respeito e da complacência para com a minha escassa vida natural. Nasci para desenvolver a economia. Para alimentar quem teve fome. Para amparar as crianças, os idosos e os demais que sempre impuseram a mim a distribuição de suas necessidades básicas. Puseram-me pseudônimo, nome e sobrenome ao ponto de me estabelecer com uma identidade impar, Farias de Sousa, a qual sou verdadeiramente conhecido por todos os meus nobres filhos a quem doei por tantos anos a graça e a glória do ato de beber e matar a sede dos que vinham a minha procura e ao meu reduto. Lentamente fui crescendo, me desenvolvendo as margens das juremas e campineiras que me circundavam outrora; Tornei-me adulto, robusto, grande, bonito, vistoso e saudável, sempre pronto para servir. Servir e ser servido com respeito e dignidade a minha vida escassa! Cresci tanto ao ponto de segurar um saco cheinho de água carregando 12.230.000 metros cúbicos do líquido precioso sempre, sempre, para servir. 
Servir e ser servido com respeito e dignidade. Doei com tanto esforço minhas energias, minhas moléculas de hidrogênio, mais algumas milhares de moléculas de oxigênio sempre em prol de servir. Servir e ser servido com respeito de dignidade. Fiz tantos amigos os quais os considero filhos, pois ajudei a alimentar e a criar, sempre de longe, porém com o amparo necessário as suas sobrevivências. No desenvolvimento social e econômico sempre me procuraram e eu ali estava de pronto para servir. Servir e ser servido com respeito e dignidade. Por múltiplas vezes dei de beber a quem teve sede; dei banho em quem estava sujo, dei de comer a quem teve fome, dei a vida a fauna vizinha, dei o renascer a flora que me enfeitava de uma bela paisagem natural. Dei a beleza, o sorriso e tudo aquilo que um pai pode doar e dá a seu filho com respeito e dignidade.
 Porém, perdurei por quase a idade de Cristo, tão pouco a graça divida talvez não me ofertou compaixão. Alcancei meus aproximados 31 anos de vida, quando começaram a aparecer as primeiras enfermidades que me puseram a disposição e a mercê dos impactos naturais. O saco cheio d´água o qual sempre carreguei foi pesando em minhas costas, a minha incapacidade foi ficando latente, meus limites físicos foram se compadecendo junto com a dignidade e o respeito que sempre tive aos meus filhos, mas que agora a ganância, a vaidade, a falta de fé e cumplicidade levaram meus queridos filhos a deparar-se com a minha morte, a qual provavelmente terá uma ressureição quando meus filhos souberem ser dignos da minha compaixão!
Mário Henrique
Contador












OPINIÃO


FALTA D ÁGUA NÃO É SÓ UMA QUESTÃO NATURAL, MAS DE RESPONSABILIDADE DE GOVERNO.

Quando o governo tomou a responsabilidade de gerenciar os recursos hídricos do Estado do Ceará, delegou a COGERH com fins de gerenciar à agua no Ceará. Neste aspecto criaria uma fonte de capitalizar também recursos para o erário do Estado. Acontece que não contava (sabe-se lá, as previsões de chuvas estimava para região seriam abaixo da média em anos consecutivos consolidando a seca no Estado. Estas previsões eram monitoradas pela FUNCEME uma empresa do próprio governo do Estado.) - Entretanto o atual estado das coisas não deveriam chegar ao caos se houvesse responsabilidade do comando do Estado no sentido de gerar efeitos positivos, obviamente seria a equação do problema. Imputar culpa a Dom Pedro II é uma forma descabida, somente acolhida per pessoas aculturas e pelos bajuladores ocasionais, a bem a verdade não vê chegada a hora – 1º de janeiro de 2015 para se abrigar com nômade da política para outro comando, o que é mais elementar imigrar-se para o governo, onde a revoada nos faz lembrar “avoantes” em busca de seu ninho. Vem à parte essencial da questão, o cearense e de modo geral o nordestino no pico de vê subtrair uma das fontes principais de sobrevivência humana – a água – parece que se acostumou a levar peia dos governantes, tanto é que na plenitude do ano eleitoral em evidência, onde o caos se estabelece em todos os setores de governo, principalmente – saúde, educação, segurança, rodovia e outros, somente agora, estão havendo disponibilidade para minimizar autêntica crise estrutural onde coincidências com á “época” são fatos concretos. Outra vez a população principalmente no município e na região está sendo convocada como se fosse à única culpada pela falta d’água nas torneiras. Como se convoca um segmento de essência majoritária, no sentido de contribuir para uma transferência de responsabilidade, onde altíssimos custos são cobrados aos próprios usuários, onde há muito tempo tem como resposta a péssima qualidade de seu produto quando ocasionalmente chegava a suas torneiras? – Reitero, é responsabilidade ímpar do governo e seus entes. Procurem dá solução. O povo de essência racional espera.
Antônio Scarcela Jorge.

FM NOVO TEMPO DE IPU É FECHADA PELA ANATEL


A FM Novo Tempo foi ontem fechada pela Anatel. Informações preliminares afirmam que a mesma se encontra irregular em sua licença de funcionamento.

A emissora foi fundada pelo ex-prefeito de Ipu em 2008 em parceria com um empresário conhecido como Leonardo que reside em Fortaleza. No ano passo a mesma foi comprada pela Família do Deputado Vanderley Pedrosa.

Hoje a FM compõe um grupo de várias emissoras da região que são contratadas pela Prefeitura de Ipu para não terem editorial desfavorável as suas ações.


Com informações do blog do KT

Senado aprova projeto que obriga o farmacêutico em drogarias


O Senado aprovou projeto que torna obrigatória a presença de um farmacêutico em drogarias, durante todo o horário de funcionamento. O presidente do Conselho Federal de Farmácia, Walter Jorge João, explica que, após a sanção da lei, as farmácias deixarão de ser apenas estabelecimentos comerciais e passarão à condição de prestadoras de serviços de assistência à saúde.

Medir pressão, glicemia, aplicar soro e vacinas estão entre os exemplos de serviços que o Projeto de Lei do Senado 41/1993, aprovado no dia 16, permite que sejam prestados nas farmácias. Walter Jorge explica que a legislação vigente não proíbe que os farmacêuticos prestem os serviços, porém, a vigilância sanitária impede a execução.

“Vamos poder verificar e controlar a pressão arterial, orientar a manutenção da pressão ou encaminhar ao posto de saúde, caso haja necessidade. Poderemos também recomendar remédios que não precisam de prescrição médica, entre outros serviços”, exemplificou o presidente.

O projeto, que estava há 20 anos no Congresso Nacional, altera a Lei do Controle Sanitário do Comércio de Drogas e Medicamentos (Lei 5.991/1973), que atualmente exige a presença de “técnico responsável inscrito no Conselho Regional de Farmácia”, o que permitiu a interpretação de que esses técnicos podem ser profissionais de nível médio. Além disso, admite a substituição por “prático de farmácia” ou “oficial de farmácia”, em localidades onde falte o profissional exigido.


Fonte: Agência Senado

AGENDA DOS CANDIDATOS AO GOVERNO DO CEARÁ NESTA SEXTA-FEIRA

Ailton Lopes (Psol)
8h – Caminhada no bairro do Montese
17h – Ato de denúncia dos 4 anos do assassinato do jovem  Bruce Cristian
18h30 – Debate sobre a situação da mulher negra

Camilo Santana (PT)

10h – Visita institucional à TV Jangadeiro
13h – Encontro com presidentes de CDLs municipais no hotel Marina Park
21h – Halelluya

Eliane Novais (PSB)

9h – Visita ao Mercado Central
18h – Inauguração do 1º comitê central de campanha na sede do partido

Eunício Oliveira (PMDB)

9h – Caminhada em Santana do Cariri
11h – Reunião com lideranças do Cariri
16h – Caminhada no Centro de Barbalha

20h – Festa da padroeira em Independência

BRASIL REDUZ POBREZA EM 22% E SOBE POSIÇÃO NO IDH


Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil - O Brasil subiu no ranking mundial de desenvolvimento humano em 2013. Segundo dados divulgados hoje (24) pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), o país ficou em 79º lugar no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) no ano passado, uma posição acima da registrada em 2012.

 Apesar da melhora, o Brasil continua abaixo de outros países latino-americanos como Chile, Argentina, Cuba e Uruguai.

Com IDH 0,744, o país registrou a mesma nota da Geórgia (república da região do Cáucaso) e de Granada (país do Caribe). Pela metodologia das Nações Unidas, o Brasil é considerado um país de alto desenvolvimento humano por ter registrado nota acima de 0,7. O IDH varia de 0 a 1, grau máximo de desenvolvimento. Em 2013, o indicador abrangeu 187 países.

A Noruega foi o país com maior IDH no ano passado, com índice de 0,944, seguida de Austrália (0,933), Suíça (0,917) e Holanda (0,915). Em relação aos países latino-americanos, os mais bem classificados foram Chile (41º lugar, com nota 0,822), Cuba (44º, com nota 0,815) e Argentina (49º, com nota 0,808), considerados com grau muito alto de desenvolvimento humano por terem obtido nota acima de 0,8.


Na América Latina e Caribe, Uruguai (50º no ranking, com nota 0,790), Barbados (59º, nota 0,776), Antígua e Barbuda (61º, nota 0,774), Trinidad e Tobago (64º, nota 0,766), Panamá (65º, nota 0,765), Venezuela (67º, nota 0,764), Costa Rica (68º, nota 0,763), México (71º, nota 0,756) e São Cristóvão e Nevis (73º, nota 0,750) também registraram IDH mais alto que o Brasil.

quarta-feira, julho 23, 2014

SAAE de NOVA RUSSAS; VERDADEIRO PROTAGONISTA DO COLÁPSO D`ÁGUA


- Falta de dinheiro? NÃO
Falta vergonha na cara e espírito público por parte dos que dizem nos representar!
ARRECADAÇÃO DO SAAE - 2014 
 
MÊSES
VALORES
Janeiro de 2014
R$ 183.487,45
Fevereiro de 2014
R$ 173.728,74
Março de 2014
R$ 159.082,95
Abril de 2014
R$ 165.024,51
Maio de 2014
R$ 153.586,18
Junho de 2014
R$ 160.565,17
Julho de 2014 – até dia 22/07/2014
R$ 88.655,88
TOTAL
R$ 1.084.130,88

     O Estatuto Social do Sistema Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Nova Russas com certeza não orienta referida instituição pública municipal e seus dirigentes a se preocupar apenas com a arrecadação dos contribuintes da tarifa de água paga e recolhida aos cofres públicos municipais mensalmente, faça chuva ou faça sol. Senão; que Estatuto é esse que somente gera direitos ao poder público? Quando também deverá gerar obrigações a esse!
     Talvez, em todo o estado do Ceará, mas principalmente nos meios de comunicação da região dos Inhamuns, região onde o município de Nova Russas está inserido geograficamente não se fala em outra coisa, a não ser na “morte” prematura devido a falta de assistencialismo precoce das autoridades do município no que diz respeito ao abastecimento de água para as regiões urbana e rural da cidade. É um verdadeiro absurdo, onde mais uma vez os números falam, clamam entendimentos muito mais do que uma simples fala e falácia irresponsável por parte de quem dizer nos representar. Em contrapartida, ainda verificamos pessoas sentimentais e comprometidas com o povo da querida “capital do crochê” como assim é denominada e reconhecida, pelo menos de forma legítima através de homenagens póstumas e politiqueiras. Nunca se verificou tanto descaso e abandono aos reais interesses públicos como a administração que ora se implantou e se incorporou, mas que de fato, direcionou Nova Russas, primeiro, para sala de cirurgia e depois para a UTI quando posteriormente sepultou a nossa água; junto com a natureza, evidentemente, deixando o Açude Farias de Sousa, única fonte de abastecimento de água para os cidadãos do município juntamente com a inércia, a comprovação explícita da falta de planejamento administrativo e mais uma vez uma “gestação” imperial do ponto de vista técnico, administrativo, social e estruturante, quando não dá ouvidos aos clamores do seu povo, mas sim a interesses visivelmente ambiciosos, individualistas e meramente capitalistas, confundindo propositadamente o público com o privado em prol da remuneração de capitais privadas investidos em campanhas eleitoreiras.
      A atual “gestação” do Poder Executivo de Nova Russas, claro que, repontando também as mais remotas, não levaram a sério o que a própria natureza e os homens de bem vinham avistando ao longo de um céu azul, sem nuvem e previsões meteorológicas que previam uma calamidade pública muito provável. Meios de imprensa locais virtuais e radiofônicas tentando esclarecer através de estudiosos da área e chamar ao centro da questão uma discursão popular mais severa e mais célere sobre a problemática hídrica pré-existente até então mais que hoje, é realidade. A falta de água e o colapso em seu abastecimento já era uma mazela social pré avisada, mas como sempre, o poder público local sempre priorizando assuntos politiqueiros já com olhos no gato e outro no peixe em futuras campanhas eleitoreiras utilizando a população como “boneco de fantoche” afim de desvirtuar da mesma o verdadeiro foco da realidade primordial que hoje assola o município. Investimentos em política de redução dos riscos de colapso de água talvez não trariam o retorno do capital investido a curtíssimo prazo em campanhas eleitoreiras por parte de falsos políticos e péssimos administradores dos recursos públicos.
    Por conseguinte, o SAAE de Nova Russas, é genuinamente uma empresa pública que sobrevive financeiramente através do pagamento de taxa de água para efetuar seu tratamento, distribuição e saneamento básico, onde o último serviço mencionado não acontece para a grande maioria de seus contribuintes mais que de fato é cobrado como se assim existisse. Empresa pública considerada Autarquia municipal por deter capacidade própria de sobrevivência operacional diante de seu objetivo ou atividade primária operacional. Empresa que arrecadou somente de janeiro a metade do mês de julho de 2014 o montante de R$ 1.084.130,88 (um milhão oitenta e quatro mil cento e trinta reais e oitenta e oito centavos) – (vide tabela acima) e que gastou maior parte de seus recursos na contratação temporária de cargos de comissão sem necessidade aparente ou sem nenhuma explicação plausível e pública para a sociedade que lhe dá base de sustentação com folha de pagamento na estratosfera já devidamente apurada pelos órgãos técnicos de fiscalização. Poços profundos também fazem parte da política de recursos hídricos do município tendo o SAAE como principal empresa pública diretamente responsável por administrar referida problemática conjuntamente aos outros órgãos estaduais e federais de competência específica, mas não se verifica absolutamente nada de concreto por parte do SAAE para tentar amenizar referida situação como, por exemplo, limpeza de cacimbões ou até mesmo a construção dos mesmos, implantação com recursos próprios em poços profundos. O que se verificou ainda que de forma muito tardia foi uma simplória panfletagem e a cobrança abusiva de contas de água já às margens do colapso pré-anunciado.
Essa a verdadeira “gestação pública” dos políticos atuais de Nova Russas!
FALTA de dinheiro ou FARRA de dinheiro público municipal?
Deem as resposta nas próximas eleições de outubro próximo a um emaranhado de candidatos que nunca ajudaram Nova Russas na ora em que ela mais precisou como certos candidatos que já começaram a rodear seus sossegados lares juntamente com seus cabos eleitorais que se confundem com ex políticos da município !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Cuidado eleitor, é o que desejo!
Mário Henrique
Contador

ELEITOR DÁ NOTA 5,4 AO GOVERNO E MOSTRA ELEIÇÃO DIFÍCIL PARA DILMA




A nota média dada pelo eleitor ao governo de Dilma Rousseff ficou dois pontos abaixo da que Lula teve em junho de 2010, quando recebeu 7,8 dos entrevistados pelo Ibope. Dilma recebeu 5,4 numa avaliação que valia de 0 a 10.

O resultado pode ser explicado pela diferença de percepção do eleitor atual e a do eleitor de 2010, quando 72% achavam que seu poder de compra havia melhorado nos últimos dois anos, agora essa parcela é de apenas 42%. A Copa também impactou a maneira pela qual os brasileiros avaliam o governo Dilma.

De acordo com dados do Ibope, 31% dos eleitores avaliam o atual governo como positivo, 33% considera ruim ou péssimo e 36% consideram regular. Em 2010 a proporção de brasileiros que consideravam o governo Lula como ótima e boa era de 75%. Apenas 5% diziam que estava sendo ruim ou péssimo.

O Ibope ouviu 2.002 pessoas em 143 municípios do País entre os dias 18 e 21 de julho.

Fonte: Cearanews7

Mais de 5 mil armas serão incineradas nesta quarta-feira



A assistência Militar do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) encaminha, nesta quarta-feira (23), 5.138 armas para serem destruídas pelo Exército Brasileiro. Desse total, 2.348 são armas de fogo e 2.790 são brancas.

O material foi recolhido nas comarcas do Interior, da Capital e Região Metropolitana de Fortaleza, no período de 10 de maio até a última sexta-feira (18). Será a segunda remessa enviada somente este ano. No último dia 7 de maio, foram encaminhadas quatro mil. Ao longo de 2013, foram incineradas 21.173.

De acordo com o chefe da Assistência Militar, tenente-coronel César Augusto Campêlo Lopes, a comissão de policiais responsável pela guarda e transportes de armamento visita semanalmente as unidades judiciárias.

Temos uma preocupação constante em recolher as armas dos fóruns, e os magistrados têm contribuído sobremaneira nos informando a existência desse material nas comarcas”, explicou.

A medida atende à determinação do presidente do TJCE, desembargador Luiz Gerardo de Pontes Brígido, conforme a Resolução nº 134, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Considera, ainda, a lei nº 10.826/2003, que dispõe sobre a destruição ou doação de armas de fogo apreendidas aos órgãos de segurança pública ou às Forças Armadas.

(TJCE / Foto: Divulgação)

PESQUISA IBOPE: AVALIAÇÃO DO GOVERNO CID GOMES


O Ibope perguntou aos eleitores como eles avaliam a administração do governador Cid Gomes até o momento. Veja os números:
 
Ótima – 9%
Boa – 32%
Regular – 38%
Ruim – 6%
Péssima – 12%
Não Sabe/Não respondeu – 3%
A pesquisa também perguntou se os entrevistados aprovam ou desaprovam a maneira como Cid Gomes vem administrando o Ceará. Confira:
Aprovam – 62%
Não Aprovam – 30%
Não sabe/não respondeu – 7%

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) sob o número CE-0010/2014 e no Superior Tribunal Eleitoral sob o número 233/2014.

EUNÍCIO LIDERA PESQUISA IBOPE PARA GOVERNADOR DO CEARÁ



Pesquisa Ibope de intenção de votos divulgada hoje (22.07), pela TV Verdes Mares, Eunício 15, candidato ao Governo do Estado na coligação “Ceará de Todos”, disparou na preferência da população para ser eleito governador, com 44% dos votos.

Os demais candidatos, Camilo Santana, Eliane Novais  e Ailton Lopes, pontuaram em 14%, 6% e 3%, respectivamente.  Os brancos e nulos somam 15%, enquanto 18% não sabem ou não opinaram. 

Os resultados da pesquisa estimulada, quando são apresentados os nomes dos candidatos, mostram que o percentual alcançado por Eunício é quase o dobro da soma de todos os demais candidatos.

Na pergunta sobre rejeição, em quem os cearenses não votariam de jeito nenhum, o percentual recebido por Camilo Santana é de 24%, quase o dobro da sua própria intenção de votos. Ailton Lopes aparece com 23% e Eliane Novais com 22%, enquanto a de Eunício é de apenas 14%.
O Ibope avaliou ainda a atual administração do Governo do Estado. Conforme o resultado, 18% dos cearenses classificaram a administração Cid Gomes de ruim e péssima. Já 30% dos entrevistados informaram desaprovar a maneira como o Governador Cid Gomes vem administrando o estado do Ceará.
A pesquisa do Ibope também ouviu os eleitores sobre a intenção de voto ao Senado Federal.Tasso Jereissati (PSDB) aparece na liderança da pesquisa, com 58%, seguido por Mauro Filho (PROS), com 14%, Raquel Dias (PSTU), com 5% e Geovana Cartaxo (PSB), com 2%.

PESQUISA IBOPE PARA PRESDIENTE



Pesquisa Ibope divulgada na noite de ontem (22) pelo Jornal Nacional, da TV Globo, mostrou que a presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, tem 38% dos votos. Em segundo lugar aparece o candidato do PSDB a presidente do país, senador Aécio Neves, com 22% das intenções de votos. O ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, candidato a Presidência pelo PSB, aparece com 8% dos votos. O Pastor Everaldo tem 3%.

No levantamento anterior realizado pelo instituto, em junho, Dilma aparecia com 39%, Aécio com 21% e Campos com 10%. O candidato do PSC, Pastor Everaldo, alcançou 3% das intenções de voto, mesmo percentual do levantamento anterior.

terça-feira, julho 22, 2014

BRASIL. TRIBUNAIS DE CONTAS VIRAM DEPÓSITOS DE SERVIÇAIS E MERCENÁRIOS


  OPINIÃO
 São nomeações sem critério de qualidade. Basta, para isso, exercer um mandato de deputado estadual e cair nas graças do governador para chegar ao paraíso. A função é fiscalizar as contas do Executivo.


TRIBUNAIS DE CONTAS, DEPÓSITOS DE PÁREAS

O Tribunal de Contas de Alagoas divulgou uma lista negra com os nomes de políticos inelegíveis com base na Lei da Ficha Limpa. Incluiu, entre eles, o senhor Danilo Dâmaso de Almeida, ex-prefeito de Marechal Deodoro, condenado por crime de improbidade quando exercia o mandato.

Acontece que Dâmaso morreu no dia 30 de abril de 2012 e, portanto, por força maior, não pode disputar mais eleição alguma. O curioso é que o ex-prefeito quando era vivo – e muito vivo – alimentava políticos e empresários corruptos com dinheiro sujo e nunca foi banido da vida pública, mesmo tendo sido preso algumas vezes. Agora, no além, teve a alma penalizada pelo tribunal alagoano.

O Globo publicou uma extensa matéria sobre o papel dos tribunais de contas no país. E o resultado a que se chega é o esperado: órgãos inúteis, lotados de ex-políticos pusilânimes, subservientes ao poder Executivo a quem deveriam vigiar, mas fazem vista grossa aos desmandos.

Alguns dos conselheiros, como em São Paulo, mesmo condenados, continuam refestelados nos gabinetes como se nada tivesse afetado a sua conduta moral. O que ocorreu em Alagoas é apenas um aperitivo da inoperância desses tribunais no país. Lá, o órgão, sem serventia, já morreu antes do prefeito. Só não foi enterrado.

Os TCs no Brasil são depósitos de páreas, ex-políticos inescrupulosos, nomeados por governadores e prefeitos irresponsáveis que transformam esses tribunais em depósitos de serviçais e mercenários.

Eles são escolhidos a dedo pelo Executivo para não questionar suas contas, normalmente aprovadas sem ressalvas mesmo quando constatadas inúmeras irregularidades.

Seus conselheiros vivem de salários altos, carros e combustível à disposição, motoristas em tempo integral, servidores 24 horas, mordomias sem limite. Muitos não têm nem formação universitária e quando apresentam diploma de curso superior é falso, como já aconteceu em Alagoas.

Ao dizer que o “senado é o céu, o paraíso que você alcança ainda em vida”, o ex-senador Darcy Ribeiro esqueceu-se dos tribunais de contas. Ao contrário do senador que precisa renovar o mandato de oito em oito anos, o conselheiro é cargo vitalício conseguido sem concurso público.

São nomeações sem critério de qualidade. Basta, para isso, exercer um mandato de deputado estadual e cair nas graças do governador para chegar ao paraíso. A função é fiscalizar as contas do Executivo. Isso é o que menos eles fazem, porque saem da política mas deixam os parentes como seus sucessores. Assim, para elegê-los, chantageiam os prefeitos ameaçando-os rejeitar as contas se os filhos não forem apoiados nas eleições.

É assim que funcionam essas arapucas com o dinheiro público. É uma anomalia do sistema democrático que deveria ser revisto. Essas nomeações não deveriam ocorrer indiretamente, já que são cargos vitalícios, nem decididas por indicação do governador ou do prefeito.

Conselheiros escolhidos deveriam ser sabatinados por entidades da sociedade civil, a quem caberia a indicação pelo voto direto e soberano. Enquanto essas nomeações ficarem a cargo da panelinha do Executivo, o Brasil estará fadado a ser sempre o país da corrupção e das mazelas, onde o eleitor, coitado!, ainda é obrigado a votar em alguns desses pulhas sob o risco de ser multado se não legitimá-los no cargo.

JORGE OLIVEIRA/DIÁRIODOPODER